CABECEIRAS DO PANTANAL

17/11/2017

O  projeto Cabeceiras do Pantanal tem como objetivo proteger as nascentes e áreas de preservação permanente (APPs) da região do Planalto da Bacia do Alto Paraguai (BAP). Várias organizações se uniram ao IHP/Rede do Amolar neste esforço. Com o auxílio da geotecnologia e levantamentos de campo será realizado um diagnóstico da situação dessas nascentes e APPs. A Plataforma Geopantanal (< www.geopantanal.agrotools.com.br >) vai sistematizar e disponibilizar, em ambiente web, dados de satélites combinados com dados de campo (monitoramento ambiental e pesquisas) da região de abrangência do projeto. Os resultados obtidos vão orientar os esforços de mobilização de todos os setores para a proteção e conservação das nascentes e APPs do Pantanal.

Parceiros: Rede Mato-grossense de Televisão, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – Campus Pantanal, Agrotools.

Apoio: Eureka Comunicação, Ibama, Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, Almir Sater.

Promoção: IHP/ Rede do Amolar

→ Como você pode participar:
- Conheça as fontes de água de sua região;
- Denuncie aos órgãos competentes as irregularidades observadas;
- Participe em projetos ou campanhas de proteção das águas;
- Conheça o Comitê de Bacia de sua região e participe das reuniões;
- Acesse nossos subsídios sobre nascentes e as cabeceiras do Pantanal;
- Compartilhe essas ideias em seu local de trabalho e pelas redes sociais.

→ Saiba mais sobre o projeto aqui.

→ Você também pode conferir alguns vídeos sobre o projeto.

- Clique aqui e veja a reportagem "Órgãos ambientais vão usar tecnologia para monitorar cabeceiras de rios no Pantanal de MS".

- Clique aqui e veja a reportagem "Projeto monitora região da Serra da Bodoquena para preservar patrimônio natural".

→ Leia a Cartilha: Cabeceiras do Pantanal – Eu também defendo!

→ Outras cartilhas sobre nascentes:
- Cartilha CBH
- Cartilha Nascentes
- Cartilha Nascentes do Brasil WWF
- Cartilha Olho nos Olhos

Instituto Homem Pantaneiro © 2015.