NOTÍCIAS

25/09/2019

Obra Produção de Natureza é lançada em Mato Grosso do Sul

Com a presença de biólogos, ecólogos, jornalistas e empresários o Livro Produção de Natureza foi lançado nesta terça-feira, 17 de setembro no estado de Mato Grosso do Sul. O evento aconteceu no pátio do SESC-Morada dos Baís em Campo Grande MS.

Na ocasião o autor do livro, o biólogo espanhol Ignácio Jiménes Pérez fez uma explanação da obra baseada em explicações e apresentações de fotos e vídeos. Quem esteve presente no evento pôde sentir o quanto é importante essa obra para a conscientização da humanidade quanto a conservação do meio ambiente. A obra apresenta práticas que promovem desenvolvimento regional a partir da existência de áreas naturais bem conservadas, incluindo exemplos no Brasil, e também demonstra que regiões bem conservadas podem viabilizar empregos e renda e incrementar o desenvolvimento regional, tornando-se relevantes ativos econômicos, como o turismo de natureza.

Dois projetos brasileiros se espelham na metodologia de Pérez, Grande Reserva Mata Atlântica e Alto Pantanal.

Durante o lançamento o Diretor de Relações Institucionais do Instituto Homem Pantaneiro (IHP), apresentou o Projeto Alto Pantanal, que foi criado há três meses e reúne instituições e pessoas físicas que atuam na região pantaneira para em conjunto mobilizar a sociedade para as questões primordiais desse bioma. “O conceito da obra ‘Produção de Natureza’ acrescentará ao nosso Pantanal possibilidades jamais imaginadas, trazendo um novo olhar e foco mundial ao ecoturismo da natureza com base nas exuberâncias locais”, ressaltou.

Para a Diretora Regional do SESC-MS, Regina Ferro a obra é um segmento que vem para contribuir com a produção do país. “Pois se passamos a produzir natureza, passamos a dar um outro significado a esse movimento todo que temos. Se para inovar é preciso voltar as raízes, acho então que esse é o principal ponto que podemos usufruir e contemplar”, salientou.

O evento contou o apoio do Instituto Homem Pantaneiro (IHP), do SESC-MS e da Fundação de Turismo do Estado de Mato Grosso do Sul (Fundtur-MS).

 
VOLTAR
Instituto Homem Pantaneiro © 2015.